Em aditamento à informação divulgada pela União das Misericórdias Portuguesas, no passado dia 27 de agosto, acerca da Medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde –MARESS, cujo período de candidatura se encontra a decorrer, somos agora a informar que além das respostas sociais na área social e de saúde destinadas a pessoas idosas e/ou com deficiência ou incapacidade, admite-se como legítima a apresentação de candidaturas a Creches.

No entanto, quanto à possibilidade da referida medida ser extensível aos estabelecimentos de Educação Pré-Escolar, a indicação que nos foi dada é que a mesma não é legítima.

Ver Circular 99/2020 na íntegra