logotipo UMP pt

                                 


Internacionais


Angola
 

  Luanda
  Em Angola, a Misericórdia de Luanda assume as despesas de funerais de pessoas sem posses, assim como vai resolvendo outras situações pontuais, bastante comuns num país que ainda se ressente da guerra civil. Além disso, a instituição presta apoio aos mais carenciados indiretamente através de congregações religiosas que também trabalham em Luanda. Por lá, também já está a funcionar o Instituto D. Pedro V. O projeto visava acolhimento e educação de 400 crianças carenciadas, mas por agora está a funcionar em parceria com o Ministério da Educação daquele país.

Huambo
Criada em 2007, a Santa Casa da Misericórdia de Huambo está a apostar num laboratório de análises clínicas para gerar mais-valias e ganhar visibilidade junto daquela população. À data da sua fundação, o bispo de Huambo, grande impulsionador do projeto, afirmou em entrevista ao VM que “as linhas de força do trabalho serão saúde e assistência, áreas onde há profundas lacunas em Angola”. Os corpos sociais desta Santa Casa angolana já estão completamente formados e a trabalhar.

 

  Brasil

Presentes 14 dos 27 estados brasileiros, as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos no Brasil somam cerca de 2100 entidades e são responsáveis por mais de 50 por cento das camas hospitalares no país, 37,4 por cento dos internamentos realizados através do Sistema Único de Saúde, assim como assumem mensalmente quase 10 milhões de atendimentos em ambulatório, um milhão de consultas e 250 mil exames complementares. Em termos de empregos, as Santas Casas e os Hospitais Filantrópicos empregam directamente 450 mil pessoas, para além de cerca de 140 mil médicos autónomos. Quantos aos voluntários, contam-se 80 milhões em todo o país.
Veja a lista de algumas Misericórdias do Brasil.

Ler mais...

 

Espanha

Embora tenham existido mais de uma centena de Misericórdias em Espanha, neste momento funcionam apenas sete: Pamplona, Barcelona, Bilbao, Azpeitia, Olivenza, Ávila, Alcuéscar (Cáceres) e Tudela. A Misericórdia de Pamplona apoia atualmente cerca de 555 idosos, entre os quais 185 estão acamados. A mais antiga das Santas Casas em Espanha é a de Barcelona, fundada em 1584, e que hoje gere uma escola com 320 alunos e um lar de acolhimento para jovens carenciados com 35 raparigas.

 

França
 

Paris
Um grupo de 100 pessoas de boa vontade fundaram a Santa Casa da Misericórdia de Paris, no dia 13 de Junho de 1994, dia de Santo António, que foi prontamente adotado como seu padroeiro, a primeira a ser criada na diáspora portuguesa dos tempos modernos. Passados mais de 20 anos, a Santa Casa da Misericórdia de Paris tem vindo a desenvolver um trabalho notório no seio da comunidade portuguesa em França, particularmente a favor dos que mais necessitam de apoio material, moral e afetivo.

 

Itália

Foi em Itália a criação da primeira de todas as Misericórdias: Florença, fundada em 1244. O trabalho desenvolvido pelas congéneres italianas prende-se com o transporte de doentes (as Misericórdias são proprietárias de milhares de ambulâncias e outras viaturas para serviço de emergência), assim como com o acolhimento de imigrantes e outras pessoas, sem distinção de idade, credo ou cor, que estejam em situação de carência ou risco, e também toxicodependentes. Atualmente, em Itália existem cerca de 600 Santas Casas de Misericórdia, com mais de 600 mil inscritos, dos quais 150 mil são voluntários.
Veja a lista de algumas Misericórdias de Itália.

Ler mais...

 

Luxemburgo

Criada em 1996, a Santa Casa do Luxemburgo nasceu com o intuito de apoiar os portugueses daquele país. Ao todo, são cerca de uma centena de irmãos de diversas nacionalidades. As atividades vão desde cursos de alfabetização a festas de angariação de fundos, passando por grupos de voluntários que ajudam naquilo que for necessário. O ponto alto da existência desta jovem congénere foi a 28 de Setembro de 2004, altura e que foi finalmente inaugurada a sede da instituição. O evento contou com a presença do então Presidente da República portuguesa, Jorge Sampaio.

 

México

No México existem duas Misericórdias. Em Santa Maria Tonameca (Oaxaca) e na cidade do México essas instituições apoiam todo o tipo de pessoas através de cuidados de saúde, apoio alimentar e educação. Mensalmente, passam pela Misericórdia da cidade do México, fundada em 1997, cerca de 3500 pessoas. O financiamento dos apoios é garantido através da organização de diversas atividades, assim como do apoio proveniente de empresas privadas e outras instituições sociais.

 

Moçambique

A Santa Casa da Misericórdia de Maputo desenvolve projetos na área da educação. Atualmente a trabalhar na paróquia de Polana Caniço, a instituição acompanha crianças e jovens através do apoio ao ensino. As aulas têm lugar na biblioteca. Recentemente a Santa Casa de Maputo apresentou dois projetos ao IPAD, mas nenhum deles foi aprovado.

 

Ucrânia

A Misericórdia ucraniana esteve proibida nos tempos de domínio soviético de promover qualquer apoio social ou ajuda de tónica humanista. Atualmente, a instituição tem um lar para doentes terminais, apoio domiciliário que funciona com voluntários e apoio (através de dormitório, refeições e assistência médica) a 60 pessoas carenciadas.

 

Macau
 

A Santa Casa da Misericórdia de Macau é uma das mais antigas. Em 2009, comemorou 450 anos de existência. Em 2010, a instituição doou 30 mil euros para o fundo da União das Misericórdias Portuguesas de ajuda às vítimas da tragédia na Madeira.

 

São Tomé e Príncipe

A atividade da Santa Casa da Misericórdia de São Tomé e Príncipe é vasta. Além de 400 idosos, a instituição também apoia crianças e jovens. Além disso, a instituição tem ainda um projeto de promoção dos artesãos locais. A iniciativa denominada Assoboco funciona através da compra dos materiais e também da promoção das peças. A Misericórdia de São Tomé costuma receber voluntários através da União das Misericórdias Portuguesas. Recentemente quatro jovens aceitaram o desafio de trabalhar durante um ano naquele país.

Voz das Misericórdias

Linha de Crédito

Concluídos os processos de contratualização dos financiamentos bancários no âmbito da Linha de Crédito de Apoio à Economia Social I e II, divulgamos a lista final de Misericórdias beneficiárias.

Fundo de Reestruturação do Setor Solidário

O Fundo de Reestruturação do Setor Solidário destina-se a apoiar a reestruturação e a sustentabilidade económica e financeira de instituições do setor solidário.

 

Login